Header image  
Seu site verde na internet!  
line decor
  HOME  ::  HORTA CASEIRA : : PLANTAS MEDICINAIS : : JARDIM : : POMAR DOMÉSTICO : : MAIS SAÚDE : : CONTATO
line decor
   

 
MAIS SAÚDE!       CÂNCER - PREVENÇÃO

comida que cuida
COMIDA QUE CUIDA

SINTOMAS PERIGOSOS - quando procurar um médico?

Uma boa regra para se levar em conta, para se decidir marcar consulta num médico, é se perguntar se o sintoma que você está sentindo está incomodando há algum tempo. Sintomas persistentes são especialmente importantes como alertas para o câncer. Apesar de na maioria das vezes serem alarmes falsos, é sempre melhor ter os sintomas checados. É difícil lembrar de todos os sintomas dos mais de 200 tipos de câncer, então, estabeleço os seguintes 7 sintomas que são pistas comuns do câncer:

1. Uma mudança no hábito intestinal ou urinário Uma mudança na rotina de quantas vezes se vai ao banheiro, para urinar ou evacuar. Uma mudança em qualquer rotina pode ser um sinal de câncer: constipação crônica, ou, contrariamente, diarréia de longa duração, podem ser sintomas de câncer de cólon ou reto. A avaliação médica é importante, pois o tratamento sintomático com laxativos ou constipantes pode retardar o diagnóstico. Sangramento nas fezes também deve ser prontamente investigado por um médico, bem como também deve-se procurar um médico caso haja dificuldade ou dor para urinar, ou sangramento na urina - pode significar câncer de próstata ou bexiga.

2. Feridas que não cicatrizam O câncer de pele pode sangrar, ou parecer um machucado que não cicatriza. Pode surgir em qualquer lugar do corpo, incluindo os órgãos genitais. Estas feridas também podem aparecer na boca ou garganta, e devem ser avaliadas logo que notadas; isto é particularmente importante para fumantes, ou pessoas que bebem grande quantidade de álcool.

3. Sangramento não usual Sangramento anormal pode ocorrer no câncer inicial ou avançado. Tosse com escarro com sangue pode significar câncer de pulmão. Uma mulher com sangramento vaginal entre os períodos de menstruação, ou após a menopausa, deve procurar um médico imediatamente - câncer de endométrio ou de colo do útero podem causar sangramento vaginal. Sangue nas fezes pode significar câncer de cólon e reto, e sangue na urina pode significar câncer de bexiga ou rins. Secreção sanguinolenta pelo mamilo pode ser um sinal de câncer de mama.

4. Inchaço ou nódulos na mama ou de outro órgão Muitos tumores podem ser sentidos através da pele, principalmente na mama, nos testículos ou partes moles do corpo. Também o aparecimento de gânglios (nódulos) como por exemplo nas axilas ou no pescoço, pode ser algum sinal de que algo não vai bem. Em geral, qualquer nódulo ou aumento de volume de algum órgão deve ser prontamente relatado a um médico, para avaliação.

5. Indigestão ou dificuldade para engolir Estes dois sintomas são conhecidos como dispepsia e disfagia, e podem indicar câncer de esôfago, estômago ou faringe (o tubo que conecta a boca ao esôfago). Geralmente quando estes sintomas estão presentes, o tumor pode estar num estágio mais avançado, portanto a procura de um médico deve ser imediata.

6. Mudança recente numa verruga ou mancha Verrugas ou manchas que mudam de cor, perdem a definição das bordas, sangram, ou crescem devem ser vistas por um médico imediatamente. Estas lesões podem significar melanoma, uma doença bastante agressiva, mas com altas taxas de cura se tratadas precocemente.

7. Tosse ou rouquidão persistente O desenvolvimento de tosse que dura mais do que duas semanas é um sinal importante, que deve ser visto por um médico. Juntamente com rouquidão prolongada, pode indicar uma neoplasia de pulmão, laringe (caixa da voz), ou tireóide. Podem sugerir estágios mais avançados da doença e por isso a procura de um médico deve ser rápida.

ATENÇÃO Perda de peso, fraqueza, febre, dor podem também ser sintomas muito importantes!

pomar



CÂNCER MATA MAIS ENTRE OS OBESOS
Quanto mais gorda é uma pessoa, maiores são as chances de morrer de câncer, de acordo com um estudo da Sociedade Norte-Americana do Câncer publicado noNew England Journal of Medicine . Com base nesse trabalho, feito por meio do acompanhamento de 900 mil norte-americanos entre 1982 e 1998, estima-se que 90 mil mortes de câncer por ano nos Estados Unidos estejam associadas à obesidade. Segundo essa pesquisa, a probabilidade de morte por qualquer tipo de câncer no país é 52% mais alta entre os homens e 62% entre as mulheres com excesso de peso do que entre os indivíduos dos dois sexos com peso considerado normal. Certos tipos de câncer são mais mortais para os obesos: o de útero para as mulheres e o de fígado para os homens. Fonte: FAPESP -2003


 

   

COMO SE PREVENIR?

A respeito da relação entre a alimentação e a ocorrência de câncer em seres humanos, pode-se afirmar que de maneira geral os estudos realizados sobre o tema indicam que uma dieta vegetariana, ou mesmo uma dieta rica em vegetais, poderia prevenir diversos tipos de câncer e, uma dieta rica em carnes, no entanto, teria efeito contrário.

A adoção de um estilo de vida saudável é uma excelente atitide para evitar o câncer. A prevenção é a única maneira eficaz de se evitar a doença e pode ser feita na medida que conhecemos as causas. Como outras doenças, pode ser curado mais facilmente quando descoberto no início de sua formação.

FATOR PREDISPONENTE
TIPO DE CÂNCER
FUMO
pulmão, boca e laringe
HORMÔNIOS mama e endométrio
IRRADIAÇÃO SOLAR pele
VÍRUS colo do útero, laringe, linfomas e leucemias
BEBIDAS ALCOÓLICAS boca

PREVINA O CÂNCER PELA ALIMENTAÇÃO!

A escolha dos alimentos é muito importante para sua saúde. Uma alimentação equilibrada diminui o risco de doenças, entre elas o câncer. Alguns tipos de câncer podem estar relacionados com a alimentação, por isto, devemos selecionar o que comemos, protegendo nossa saúde.
Comer bem não significa comer muito, nem tirar alimentos do dia a dia. O segredo é equilibrar, variando e combinando alimentos entre si: água, proteínas, gorduras, doces, vitaminas e sais minerais.
Específicamente para leucemia, recomandam-se níveis máximos de vitamina A, C e E, Betacaroteno e Selênio. Inclua, portanto em sua dieta, cenoura, manteiga, ovos, espinafre, brócolis, acerola, tomate, castanha-do-pará, cogumelos e salmão.
Fatores que Podem Aumentar o Risco de Câncer
Gorduras
Principalmente se forem de origem animal, como manteiga, banha, bacon (toucinho), creme de leite, gordura de carne etc., consumidas em excesso, podem aumentar o risco de câncer de mama, próstata, intestino e útero.

ALIMENTOS COLORIDOS ARTIFICIALMENTE (ANILINAS)
Doces, balas, sucos, gomas de mascar, sorvetes, refrigerantes etc., possuem substâncias que podem provocar câncer de bexiga.

ALIMENTOS DEFUMADOS
Muito salgados e em conservas consumidos em excesso, aumentam o risco de câncer de estômago, esôfago, fígado e intestinos. Reduza o consumo de salames, mortadela, salsicha, bacalhau e outros peixes salgados, assim como carnes para feijoada, carne seca, carne de sol etc.

ALIMENTOS MOFADOS
Observe bem a qualidade e a data de validade dos alimentos. O bolor de amendoim, por exemplo, é cancerígeno. Outras substâncias prejudiciais à saúde podem ser encontradas em alimentos deteriorados.

FATORES ALIMENTARES QUE REDUZEM O RISCO DE CÂNCER

Frutas, legumes e cereais integrais reduzem o risco de câncer, pois estes são ricos em vitaminas e outros fatores que protegem as células sadias da ação dos agentes cancerígenos, tornando-as mais resistentes colaborando assim, para o bom funcionamento dos intestinos.

APRENDA A CONHECÊ-LOS:
VITAMINA A
Em vegetais e frutas amarelas e verde escuro como: abóbora, cenoura, couve, espinafre, agrião, laranja, mamão, manga, acelga, alface etc., e também na gema de ovos, queijo, leite , peixe, figado e rim.


VITAMINA C
Em frutas ácidas como: laranja, limão, acerola, kiwi etc. Em verduras como: brócolis, cebola, couve, pimentão, espinafre etc.

VITAMINA E
Em grãos e cereais: arroz, aveia, soja, milho, feijão. Em peixes, carnes, ovos, leite, etc.. Em folhas verdes: almeirão, agrião, couve, repolho, etc. Diminua também o consumo de churrascos. Ao prepará-los, procure fazer com que as carnes não sejam impregnadas pela fumaça e fiquem o mais distante possível do fogo.

FATORES ALIMENTARES QUE REDUZEM O RISCO DE CÂNCER
Existem alimentos que agem como uma vassoura, limpando o organismo de substâncias que podem provocar o câncer, como o alho, cebola, brócolis, repolho, couve-flor, azeite de oliva, entre outros.

Alimentos constituídos por fibras, como o trigo, são também muito importantes na prevenção. Fibras são abundantes em: pão preto (broa), milho, feijão, soja, grão de bico, lentilha, aveia, farelo de trigo, frutas, verduras e legumes .

CASCAS e BAGAÇO DE FRUTAS contêm celulose, que é essencial para o trânsito intestinal.

  • Procure comer todos os dias porções de frutas e verduras. Cada porção corresponde a meia xícara de café. Varie na cor e na forma de preparar os alimentos: um verde e um amarelo, um cru e um cozido.
  • Dê preferência aos sucos naturais, frutas e vegetais crus, não esquecendo dos cuidados de higiene para evitar doenças (cólera, hepatite, verminose). Evite cortá-los muito tempo antes do consumo, para que não percam suas
    propriedades nutritivas.
  • Cozinhe verduras e legumes por pouco tempo, com panela tampada e pouca água. Utilize a água que cozinhou os alimentos para preparar outros pratos, aproveitando assim as vitaminas.
  • Aproveite os talos, folhas, sementes, cascas e bagaços das verduras, frutas e legumes, pois são riquíssimos em fatores de proteção. Prepare pratos e enriqueça sopas com eles.
  • Abuse das saladas, mas evite os molhos com maionese. Abuse do feijão e do milho no seu dia a dia.
    Coma com mais freqüência alimentos preparados com farinha de trigo integral, grão de bico, aveia, lentilhas, castanhas e frutas secas.
  • Prefira as carnes brancas como frango sem pele e peixes. Use leite desnatado ou com pouca gordura.
  • Alimentos que não forem consumidos na hora, devem ficar na geladeira ou bem tampados para que não se contaminem.
  • Limite o consumo de doces e massas e faça exercícios regulares de acordo com a sua idade e condição física, mas antes, consulte o médico.

Veja as recomensações da American Cancer Society para detecção precoce do câncer em pessoas assintomáticas (aquelas que não apresentam sintomas)

A maioria dos exames preventivos não diz se você tem câncer ou não. Eles indicam condições anormais, que podem ser causadas pelo câncer.

Tipo de exame

Sexo

Idade

Freqüência

Sigmoidoscopia
(preferencialmente flexível)
M & F 50 anos ou mais cada 3 - 5 anos
Teste de sangue oculto nas fezes M & F 50 anos ou mais anualmente
Toque retal M & F 45 anos ou mais anualmente
Aconselhamento médico e exame físico de rotina M & F acima de 20 anos
acima de 40 anos
cada 3 anos
anualmente
Exames de próstata M 45 anos ou mais anualmente
Teste de Papanicolaou F 18 anos ou mais (sexualmente ativa) anualmente*
Exame pélvico
(ginecológico)
F 18 a 40 anos
acima de 40 anos
cada 1 - 3 anos
anualmente
Auto-exame de mama F 20 anos ou mais todo mês
Exame clínico da mama F 20 a 40 anos
acima de 40 anos
cada 3 anos
anualmente
Mamografia F acima de 40 anos anualmente

* depois de três exames consecutivos normais, o teste de Papanicolaou pode ser realizado com uma freqüência menor, a ser determinado pelo médico.

Pergunte ao seu médico sobre todos os aspectos do chamado check-up relacionado ao câncer e se você deve se submeter aos exames recomendados. Se seu médico achar que exames não são necessários, ou propor outros intervalos, no seu caso, pergunte por quê. Siga as indicações de seu médico, mas se você não se sentir satisfeito, obtenha uma segunda opinião.

OUTRAS DICAS PARA A PREVENÇÃO DO CÂNCER
O câncer é uma doença que muitas vezes se desenvolve sem dar sinais claros de sua existência. Isto leva as pessoas a acreditarem que se não sentem nada, não apresentam sintomas, é porque não estão doentes ou adoecendo.

Muitas vezes os tumores levam algum tempo para se manifestar clinicamente e não podemos apenas aguardar os sintomas para procurar auxílio, uma vez que quanto mais precoce o diagnóstico melhor.

Para que a doença seja diagnosticada o mais precoce possível e assim ter maiores chances de cura, é importante saber que alguns tipos de câncer podem ser previnidos. Além disso, é importante saber também que a prevenção pode ser de duas formas: primária e secundária.


PREVENÇÃO PRIMÁRIA significa evitar o aparecimento da doença evitando os fatores de risco. É a prevenção do aparecimento do câncer. Um exemplo clássico é o combate ao tabagismo. Geralmente a exposição aos fatores de risco é controlável.


PREVENÇÃO SECUNDÁRIA consiste na realização de exames com o objetivo de detecção precoce do câncer. Um exemplo é a realização da mamografia e o exame citopatológico do colo uterino.

Inimigo Silencioso | Estatísticas 2008 | Estatísticas 2010 | Tipos | Prevenção | Novas Drogas | Câncer e Plantas Medicinais |Câncer e os Alimentos Funcionais