O mamoeiro pode alcançar 3 a 8m de altura e produzir durante dois anos, após doze meses de plantio. Em vista de sua origem tropical, requer bastante umidade e calor; não tolera solos encharcados e é extremamente sensível a geadas. 

Seus frutos, ricos em vitamina A e C, são consumidos in natura ou processados em pedaços cristalizados, suco, gelatina, purê e fatias desidratadas.

 A papaína, enzima proteolítica com alto valor medicinal e industrial, é encontrada no látex das folhas e frutos do mamoeiro.




 POMAR DOMÉSTICO

O número de fruteiras que serão plantadas, dependerá da quantidade de frutas necessárias (consumo da família) ou para a comercialização. Nesse ultimo caso, deve-se considerar as necessidades de espaçamento da espécie escolhida.

Uma vez decidida quais as espécies e variedades a serem plantadas e qual a quantidade de cada uma, deve-se imaginar a sua distribuição no terreno. Nessa distribuição deve-se procurar juntar as espécies com exigências semelhantes. Assim, numa propriedade, poderiam ser cultivados, é claro, respeitando-se as limitações de área: 


.ESCOLHENDO AS ESPÉCIES  DO POMAR


Citros - laranjeiras Pera Rio, Valência, Hamlim, laranjas baía e baianinha, laranja lima, tangerina cravo, mexerica cravo, mexerica Ponkan, limões verdadeiros como o siciliano, o cravo e o galego, lima ácida Tahiti, lima da Pérsia, grapefruit, murcote. 

Banana - nanica, maçã, prata, Pacovã (banana da terra), São Tomé, ouro e tantas outras. 

Mangueira - espada, rosa, coquinho, Haden, Tommy Atkins, Keitt e tantas outras. 

Abacate - variedades mexicanas, jamaicanas e outras. 

Mamão - formosa, papaya. 

Abacaxi - várias variedades. 

Goiaba - várias variedades. 

Jabuticaba - variedades híbridas de colheita rápida. 

Acerola

Pessegueiro

Ameixeira

 Nespereira

Fruta-do-conde-  fruta-da-condessa e outras anonáceas. 

Caju - em terras próximas à orla litorânea.